Rita Lisauskas

Rita Lisauskas


Jornalista e conge do Sergio. Colunista da @eldoradoradio e blogueira no @estadao. Podcaster com o #IhRita. (Bad) Influencer.

72587 followers  •  5050 follow  •    •  

Gente, o Leo Dias precisa de ajuda. Eu tô falando sério. Se ele tem amigos, que se apresentem agora.

ele tá dando uma entrevista agora e está visivelmente mal (fisicamente e psicologicamente)

@TomBsb  o que eu quis dizer é que ele está mal fisicamente e psicologicamente nessa entrevista que está dando agora, ao vivo

Ele está mal fisicamente e psicologicamente. Parece no limite da sanidade mental. Isso é muito sério.

Sonhei que chegava se máscara em Lisboa e todos me olhavam com espanto enquanto eu andava pelas ruas da cidade. Parece que temos um substituto à altura para o tradicionalíssimo sonho de estar pelado em público.

Carregamento
Loading

O estudante de geografia da FFLCH diagnosticado com coronavírus mandou uma mensagem para o grupo de whatsapp para combater as notícias falsas e o pré-julgamento de que ele tinha colocado pessoas em risco (sim, estava rolando isso). Revelou coisas importantes e/curiosas (+)

"Seria incapaz de amar um filho homossexual. Não vou dar uma de hipócrita aqui. Prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um bigodudo por aí"

tweet picture

A minha prima Maria Eugênia, enfermeira do Emilio Ribas (hospital do SUS que está com a UTI lotada de casos de Covid-19), acaba de me contar que depois de encarar 12 horas de plantão ficou parada na Avenida Paulista por conta da passeata da morte dos seguidores do pandemito.

Para quem não tem acesso à matéria do Valor, fechada para assinantes. Fiz o print porque é grave demais para não ser lida.

tweet picture

Vou dormir sabendo que a moça que falava que homofobia era vitimismo usou a homofobia para se vitimizar. Eu não aguento mais o Brasil.

PM AGRIDE GRÁVIDA que dá à luz no meio da rua. PM AGRIDE GRÁVIDA. PM AGRIDE GRÁVIDA. Se isso não é o fim do mundo, não sei o que é.

Antes de dormir queria lembrar que as democracias não morrem de repente, numa terça de carnaval. Elas vão sendo corroídas no dia a dia, com a condescendência daqueles que até enxergam o absurdo de certas situações, mas decidem silenciar para ajudar na destruição dos seus inimigos

Para os pobres de direita, com carinho.

tweet picture

Tente seguir a vida depois de ler essa matéria. "Eu falei: ‘moço, socorre o meu esposo’. Eles não fizeram nada e ficaram de deboche. (...) "Eu perdi meu melhor amigo. Eu estava com ele há 27 anos. Cuidava de mim como ninguém. Meu deus, meu deus."

Carregamento
Loading